HMNEWS EDITORA E EVENTOS. ÚNICA COM CREDIBILIDADE E INOVAÇÃO EM PAPEL, INTERNET E EVENTOS.

GÁS | HIDROSSANITÁRIA | ELÉTRICA | ELETROMECÂNICA |HVAC | FOTOVOLTAICA | INCÊNDIO | DADOS | MANUTENÇÕES

 

 

+ de 37 mil

 

LEITORES, INTERNAUTAS, PROFISSIONAIS E FÃS DA REVISTA DA INSTALAÇÃO :)

  CONHEÇA OUTRA PUBLICAÇÃO DA HMNEWS EDITORARevista Potência
ANUNCIE
  

Planta otimizada pela Danfoss

Maior indústria do segmento de malte no país e a 11ª no mundo, a Agrária Malte detém um market share de 25% no mercado brasileiro.

Em 2016 a companhia ampliou sua planta com a construção de mais uma torre de malteação, conhecida por Maltaria III, que aumentou a capacidade produtiva em aproximadamente 125 mil toneladas/ano, chegando a 350 mil toneladas/ano.

Nessa ampliação, a Agrária Malte recorreu à Allenge, responsável por projetar, fabricar e instalar sistemas de refrigeração industrial e que já havia trabalhado no projeto e execução dos sistemas de refrigeração das Maltarias I e II, para desenvolver um novo projeto que permitisse substancial aumento de capacidade no novo sistema da Maltaria III, bem como eficiência energética, se comparado com outras plantas.

Para atender à necessidade da Agrária de duplicar a capacidade de produção de malte e otimizar a eficiência energética, a Allenge escolheu a Danfoss, parceira de longa data, para juntos trabalharem nesse projeto. A Danfoss forneceu válvulas solenoides, válvulas de pressão constante, controladores de níveis, válvulas motorizadas para controle de vazão e válvulas de segurança duplas. Também foram utilizadas as válvulas de bloqueio manuais dos mais variados diâmetros, instaladas na planta frigorífica como um todo. Segundo Primo Vaz, coordenador de projetos da Agrária Malte, a cooperativa ganhou melhora no controle de temperatura das caixas de germinação, com sistema mais estável e eficiente. Nos evaporadores das caixas, foram utilizadas as válvulas motorizadas tipo ICM, para controle preciso do processo, gerando então economia no consumo de energia.

Neste projeto, a Allenge utilizou compressores parafuso, resfriadores de ar aletados construídos com tubos de aço inoxidável e aletas de alumínio, condensadores evaporativos e separadores de líquido com bombas centrífugas para bombeamento da amônia líquida aos resfriadores de ar. “Além de duplicar a capacidade de produção, a Agrária Malte teve como principal resultado a diminuição do consumo de energia elétrica”, explica Paulo Cezar Faller, diretor Comercial da Allenge.

Outro projeto na Maltaria foi controlar o tanque de 500 mil litros de água para uma temperatura precisa exigida por um determinado fabricante de cerveja. Para isso, foram utilizadas válvulas motorizadas para controle preciso, garantindo a eficiência do sistema. “A Danfoss trabalha com inovações em seus projetos, preocupando-se sempre com a questão de eficiência energética”, finaliza Gustavo Koch Ramos, da Thermfluid, representante da Danfoss.