HMNEWS EDITORA E EVENTOS. ÚNICA COM CREDIBILIDADE E INOVAÇÃO EM PAPEL, INTERNET E EVENTOS.

GÁS | HIDROSSANITÁRIA | ELÉTRICA | ELETROMECÂNICA |HVAC | FOTOVOLTAICA | INCÊNDIO | DADOS | MANUTENÇÕES

 

 

+ de 37 mil

 

LEITORES, INTERNAUTAS, PROFISSIONAIS E FÃS DA REVISTA DA INSTALAÇÃO :)

  CONHEÇA OUTRA PUBLICAÇÃO DA HMNEWS EDITORARevista Potência
ANUNCIE
  

Modernização e atualização tecnológica de elevadores

Otis, com 110 anos no Brasil, marca o legado de inovação tecnológica da empresa e seu lugar na vida de milhões de pessoas que se deslocam todos os dias pelos milhares de edifícios comerciais e residenciais do Brasil e América Latina. A Otis, que opera no Brasil como Elevadores Otis, é uma subsidiária da United Technologies Corp. No Brasil estima-se que cerca de 60% a 70% dos elevadores instalados necessitam de alguma modernização. “A maioria destes elevadores, que possuem mais de 20 anos de uso, requerem uma atualização, principalmente, nos sistemas de acionamento do equipamento, que é o cérebro do elevador. Nosso objetivo é oferecer ao mercado soluções e serviços diferenciados que agreguem valor aos condomínios”, ressalta Edilson Rosin, gerente sênior do centro de modernizações da Elevadores Otis.

Com o passar dos anos muitos elevadores, mesmo que submetidos às manutenções preventivas e corretivas frequentes, precisam renovar sua estética e tecnologia. “A modernização torna o elevador mais seguro e eficiente. Como resultado imediato, o edifício ganha uma imagem moderna e valorizada, além da melhoria do desempenho, confiabilidade do equipamento e economia no consumo de energia que pode chegar a 70%”, explica Rosin.

O pacote básico da modernização prevê a substituição do quadro de comando, fiações, botões/indicadores de posição e de movimento, permanecendo as demais peças originais. De acordo com a demanda e necessidade de cada equipamento, outros componentes podem ser modernizados como portas e a parte estética da cabina. No caso das antigas portas de andar (manuais ou batentes), a Otis apresenta uma solução de substituição por portas automáticas, muito mais seguras, modernas, confortáveis. Para realizar a troca não há necessidade de obra civil no condomínio e não há redução de espaço interno da cabina.

“É muito importante salientar que grande parte das soluções existentes no mercado, hoje, para este tipo de situação, necessitam quebrar as paredes do hall para instalar uma nova porta automática ou cortar um pedaço da cabina, reduzindo o tamanho original de pelo menos o espaço de uma pessoa. Já com porta INOVA, este problema não existirá e o tempo de instalação de uma nova porta automática por andar é realizado em no máximo três horas e sem sujeira ou transtornos de obra civil”, destaca Rosin.

Além de buscar um funcionamento inteligente e seguro, outra importante demanda quando é realizada uma modernização é o atendimento à norma NM-313, que trata de questões relacionadas à acessibilidade nos equipamentos tais como: corrimão, insertos em braile, sinais sonoros, etc.

Outro ponto interessante é a economia de energia elétrica no edifício. “Atualmente, em uma modernização, é possível realizar a instalação de um novo sistema que gera redução de até 40% no consumo de energia elétrica. Mas se este novo sistema for regenerativo, esta economia pode chegar a 70% quando comparado aos sistemas convencionais antigos”, ressalta Rosin.